fbpx
Projetos Empresariais
17/02/2018
Procure o líder no íntimo da pessoa
03/03/2018
Exibir tudo

Abundância: uma ajuda generosa


O que torna uma pessoa generosa? A resposta é abundância.

No entanto, nós não compreendemos abundância se pensarmos em termos de “ter um monte.” De fato, como Ken Stern of The Atlantic informou, em março de 2013: “Um dos fatos mais surpreendentes e, talvez, de confusão, de caridade nos Estados Unidos é que as pessoas que menos podem dar são as que doam o maior percentual de sua renda. “Em média, os 20% mais ricos dos norte-americanos (aqueles com ganhos anuais no topo de um quinto da população) doaram 1,3% dos seus rendimentos à caridade em 2011. Em comparação, os americanos cujos rendimentos em média são os 20% “inferiores” do país doou 3,2% de sua renda durante o mesmo ano.

Leadership Wired – Março/13
John Maxwell

Se abundância não vem da riqueza, então o que é a sua fonte? Abundância é antes de tudo uma atitude sobre a vida. Ele está intimamente ligada à forma como abordamos as relações.Logo no início de suas carreiras, os líderes procuram distinguir-se. Como tal, eles têm uma mentalidade competitiva. Eles querem derrotar os outros, a fim de conquistar vitórias pessoais.

À medida que amadurecem, os líderes começam a entender que eles podem alcançar maior sucesso, tendo aliados com mesma opinião do que trabalhando sozinho. Eles acham que o sucesso é mais saudável quando compartilhado.

Com ainda mais idade e experiência, os líderes começam a descobrir o que eles podem desfrutar de maior influência, adicionando valor para os outros na organização do que fazendo próprias contribuições diretas. Neste ponto, eles conquistam vitórias treinando e ajudando outros a se destacarem. Isto significa que gastam tempo e energia treinando outros para ter sucesso.

Finalmente, no auge da influência, as pessoas aprendem a multiplicar a sua influência, reproduzindo em outros líderes. Eles edificam, desenvolvem e equipam estes líderes que, por sua vez, irão desenvolver uma geração posterior de influenciadores. Assim, em seu “pico”, os líderes conquistam grandes vitórias principalmente por capacitar e construir uma “rede” de líderes fazendo um impacto transformador sobre a próxima geração. Aqui, neste caso, grandeza ou abundância vem de altruísta; o líder “derrama” a sua vida pelos outros, para que eles possam moldar o futuro da sociedade.

Para recapitular, como líderes em crescimento eles passam por uma série de fases em que eles descobrem cada vez mais a abundância.

Fase 1: Esforçar-se para o sucesso pessoal.

Esses líderes têm as recompensas só para eles.

Fase 2: Compartilhando o sucesso com uma equipe.

Esses líderes dividem recompensas com seus companheiros de equipe.

Fase 3: Investem recursos para treinar os outros e conduzi-los a vitória.

Esses líderes assistem “de cima” como os outros ganham recompensas.

Fase 4: Servir outros líderes para que eles possam orientar a próxima geração para o sucesso.

Esses líderes, muitas vezes, nunca vê os frutos de seu trabalho durante sua vida.

Líderes experimentam abundância trocando continuamente recompensas materiais (dinheiro, poder, fama) por influência relacional. Parafraseando um provérbio hebreu: “Quem acumula benefícios da vida vai empobrecer, e quem aprender a dar com generosidade viverá em abundância.

Tome um momento para comentar sobre como sua vida foi enriquecida ou abundante por dar. Como você pode desafiar-se a um nível maior de generosidade?

Pense nisso e boa semana!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Monge e o Executivo
WhatsApp chat